128 - Não rejeites a confiança


 
"Não rejeiteis; pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão." - Paulo (Hebreus, 10:35).
 
Não lances fora a confiança que te alimenta o coração.
 
Muitas vezes, o progresso aparente dos ímpios desencoraja o fervor das almas tíbias.
 
A virtude vacilante recua ante o vício que parece vitorioso.
 
Confrange-se o crente frágil, perante o malfeitor que se destaca, aureolado de louros.
 
Todavia, se aceitamos Jesus por nosso Divino Mestre, é preciso receber o mundo por nosso educandário.
 
E a escola nos revela que a romagem carnal é simples estágio do espírito no campo imenso da vida.
 
Todos os séculos tiveram soberanos dominadores.
 
Muitos se erigiram em pedestais de ouro e poder, ao preço do sangue e das lágrimas dos seus contemporâneos.
 
Muitos ganharam batalhas de ódio.
 
Outros monopolizaram o pão.
 
Alguns comandaram a vida política.
 
Outros adquiriram o temor popular.
 
Entretanto, passaram todos... Por prêmio terrestre às laboriosas empresas a que se consagraram, receberam apenas o sepulcro faustoso em que sobressaem na casa fria da morte.
 
Não rejeites a fé porque a passagem educativa pela Terra te imponha à visão aflitivos quadros no jogo das convenções humanas.
 
Lembra-te da imortalidade - nossa divina herança!
 
Por onde fores, conduze tua alma como fonte preciosa de compreensão e serviço! Onde estiveres, sê generoso, otimista e diligente no bem!
 
A carne é apenas tua veste.
 
Luta e aprimora-te, trabalha e realiza com o Cristo, e aguarda, confiante, o futuro, na certeza de que a vida de hoje te espera, sempre justiceira, amanhã.